“Pote da Gratidão” – Colecionando bons momentos

Luizinhas e pote de gratidão em cima da cama

Em 2014, eu descobri o pote da Gratidão em um vídeo compartilhado na internet, ia colocando dentro dele, ao longo do ano, todos os acontecimentos que me pareceram perfeitos, podia ser um elogio, uma apresentação da peça que foi bem sucedida, um abraço ou beijo que recebi de alguém querido, algo que queria e comprei e muito mais.

Na época, eu tinha começado a namorar o Kadu e a fazer a faculdade de teatro, estava entusiasmada e não faltou coisas boas e dias bacanas para colocar no potinho. A ideia é abri-los no ultimo dia do ano para relembrar o quanto de coisas boas acontecem durante nosso caminho. E ver o potinho enchendo conforme os meses vão passando é muito gostoso.

Esse ano decidi fazer novamente! É muito bom poder colecionar os detalhes do nosso dia a dia que as vezes fogem da nossa memória, e recordá-los em um momento tão especial quanto o último dia do ano, que vai para dar espaço para uma nova época e novos momentos felizes nascerem.

E pra primeira semana, até que não foi mal, fala aí?

Luizinhas e Scott na cama

Que tal sermos gratos por todos os momentos vividos e eternizá-los em um pote que vai nos fazer feliz, ao ler cada um deles? Como algo que li por aí: Quando colocamos algo no papel, passa a ser real, palpável e eterno.

 

Deixe uma resposta